Powered by free wordpress themes

Home / Livre / Lazer / Espetáculo musical homenageia Tom Jobim

Powered by free wordpress themes

Espetáculo musical homenageia Tom Jobim

Projeto Antônio Brasileiro busca resgatar as músicas ricas em harmonia e melodia do maestro

Manter pulsante a beleza da obra do maestro Tom Jobim, através de interpretações simples, intensas e carregadas de dramaticidade. É com essa premissa que os músicos Zulaiê Breviglieri, José Cássio Jaber, Gustavo Bombonato Delgado e Filipe Murbak apresentam, neste domingo, o projeto Antônio Brasileiro – Especial Tom Jobim.

A apresentação conta com o apoio da Secretaria de Cultura de Votuporanga, que cedeu o espaço e os equipamentos do Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo para viabilizar o espetáculo.

Zulaiê, vocalista da iniciativa, explicou que o projeto surgiu em 2014 e partiu da vontade dela e de José Cássio de estudar a obra do maestro. “O Tom é famoso por suas harmonias originais e bem elaboradas, no entanto, suas canções transmitem uma simplicidade muito grande e também uma sensação atemporal. Suas músicas falam de sentimentos e coisas que se perpetuam no tempo, fazendo com que sua obra seja sempre viva.”

Para ela, o cantor e compositor, considerado um dos maiores expoentes da música brasileira, remete a “uma época que já passou, quando havia mais tempo para conversar de forma mais tranquila. Ao trazer essa obra, a gente desconstrói certas coisas, com interpretações feitas por uma mulher, por jovens, a gente tenta reaproveitar, relembrar sobre aquele tempo e refletir sobre como as coisas mudaram da época dele para hoje.”

Tom é uma referência musical muito importante e fonte de estudo bastante rica para os músicos. “São músicas que não envelhecem. Elas exigem uma execução lenta e a interpretação mais miúda, que é o que dá um ar de nostalgia pra obra. As músicas são um prato cheio pra quem gosta de interpretação. Eu sou intérprete e muito ligada ao teatro, consigo explorar o lado dramático das canções, dar vida às palavras. Para os músicos é um desafio interessante também, pela delicadeza e ao mesmo tempo a dificuldade e execução das músicas.”

O repertório escolhido, repleto de canções ricas em harmonia, melodia e na poesia das letras, buscam levar o espectador para um ambiente totalmente diferente do cotidiano e do ritmo frenético do dia a dia.

“A Bossa Nova é lenta, devagar, intimista. Ele é muito acessível, mas a forma de execução dele é uma coisa que hoje é muito distante. Ao mesmo tempo que fala de coisas simples, como a beleza da flor, do sorriso, do amor e da saudade, ele te convida a desacelerar, o que é muito mais difícil do que acelerar – a gente tem a tendência hoje de fazer as coisas rápido, correndo, e a Bossa Nova exige que não, que você pare, sinta, e entre na canção”, explica Zulaiê.

A retomada da simplicidade, do menos, de fazer mais devagar, deixar com que o sentimento fale mais alto e convidar as pessoas a entrarem nesse universo são conceitos que foram apresentados aos espectadores desde a primeira apresentação do projeto, em 2014.

“Na primeira apresentação eu fiz isso, eu tirei o sapato e convidei as pessoas a esquecer as coisas lá fora, sentir a música, ver o que a obra do Tom tem a falar, porque tem muito a falar, tanto em notas como em palavras. Foi um convite e funcionou, e agora vai ser ainda mais bonito, porque em 2014 era apenas voz e violão e hoje temos o piano elétrico e bateria, que deixarão o ambiente ainda mais profundo, deixará permitindo à obra falar mais alto do que as coisas que a gente já tem dentro da gente”, comenta a vocalista.

 

Ingressos

Devido ao sucesso de vendas, os convites para apresentação, no valor de R$ 10,00, estão sendo vendidos apenas pelos músicos do projeto, e não mais nos pontos de vendas. Interessados podem entrar em contato pelos telefones (17) 3421-4724 (falar com Vera) ou (17) 3421-6396 (falar com Maria Elena). O público também pode tentar garantir seu ingresso  momentos antes do espetáculo, entretanto, não há certeza de que ainda haverá convite disponível.

 

O homenageado

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim – ou Tom Jobim -, compositor, cantor, violonista e pianista, um dos maiores expoentes da música brasileira, foi também um dos principais responsáveis pela internacionalização da bossa nova, estilo e movimento musical com influências jazzísticas, iniciado por volta de 1958 no Rio de Janeiro, que introduziu invenções melódicas e harmônicas no samba.

Considerado um dos grandes compositores de música popular do século 20, as raízes de Tom Jobim encontram-se no jazz, em Gerry Mulligan, Chet Baker, Barney Kessel e outros músicos da década de 1950. Ao mesmo tempo, Jobim sofreu influências da música erudita, principalmente do compositor francês Claude Debussy, e dos ritmos do samba.

A certa maneira simples e melódica de tocar o piano, Jobim acrescentava sempre um toque de invenção, uma sonoridade inesperada, enquanto sua voz, ligeiramente rouca, salientava os aspectos emocionais das letras.

Depois de ter pensado em seguir a carreira de arquiteto, Jobim acabou se dedicando exclusivamente à música: aos vinte anos já se destacava em casas noturnas e estúdios de gravação. Se primeiro disco foi gravado em 1954, mas o sucesso veio em 1956, quando, junto com o poeta Vinicius de Moraes, elaborou a música da peça teatral “Orfeu da Conceição” (no cinema, “Orfeu negro”).

A bossa nova surgiria efetivamente em 1958, quando Jobim produz o disco “Chega de saudade”, no qual João Gilberto toca e canta músicas do próprio Jobim.

Ficha técnica:
Zulaiê Breviglieri – Vocal
José Cássio Jaber – Violão
Gustavo Bombonato Delgado – Piano
Filipe Murbak – Bateria
Iluminação: Rupert Azevedo
Técnico de som: Luís Morassuti
Foto: Cibeli Moretti
Registro Audiovisual: Fernando Carvalho
Arte: Edgar Andreatta
Apoio: A Gráfica Digital

Serviço:

Projeto Antônio Brasileiro – Especial Tom Jobim

Local: Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo

Data: 01 de maio (domingo)

Horário: 20h30

Ingressos: R$ 10,00

 

Foto: Cibeli Moretti

Mariana Biork

Além disso, verifique

Agenda Cultural

Aqui você fica por dentro de filmes, eventos, oficinas, shows, espetáculos e muito mais. Tudo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.