Powered by free wordpress themes

Home / Destaque / OAB e Conselho de Pastores aderem à “Greve Geral”

Powered by free wordpress themes

OAB e Conselho de Pastores aderem à “Greve Geral”

A participação votuporanguense na mobilização nacional do dia 28 de abril ganhou força extra ontem (19/04). Durante a segunda reunião do movimento denominado de União Sindical de Votuporanga, na sede do Sindicato dos Bancários, representantes do Conselho de Pastores e da Ordem dos Advogados do Brasil – Votuporanga declararam apoio aos trabalhadores se comprometendo a aderir à passeata e endossar o grito de “Não às reformas: Trabalhista e Previdenciária.”

Os organizadores também trabalham com a hipótese de se poder contar com o engajamento católico na ação do dia 28. Tendo em vista a importante nota assinada pelo arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, cardeal Sergio da Rocha, pelo arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger, e pelo secretário-geral da entidade, dom Leonardo Ulrich Steiner que coloca a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil a favor dos trabalhadores que convoca “os cristãos e pessoas de boa vontade, particularmente nossas comunidades, a se mobilizarem ao redor da atual reforma da Previdência, a fim de buscar o melhor para o nosso povo, principalmente os mais fragilizados”, o padre da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Gilmar Margotto, foi contatado e ficou de apreciar o projeto do grupo para posteriormente posicionar a comunidade católica de Votuporanga quanto ao apoio.

O grupo formado para unir forças contra as mudanças nas leis trabalhistas e previdenciárias, propostas pelo governo atual, começou a tomar forma no começo de abril com a primeira reunião, organizada pelo Sincomerciários de Votuporanga, onde estiveram presentes líderes de 10 sindicatos da cidade e região. Na oportunidade, foram delegadas funções organizacionais para cada representante de classe e definidas regras básicas do manifesto.

Neste segundo encontro, apenas os últimos detalhes foram acertados, tais como: aprovação do material informativo a ser distribuído durante a passeata, uniformes, horário da concentração e contratação de mídia volante (carro de som). Além disso, foram instituídas duas comissões: de finanças e de imprensa.

Durante palavra aberta, representantes de cada sindicato reforçaram a importância da informação e da disseminação da mesma, já que todo cidadão, de uma maneira ou de outra será atingido por essas mudanças que em nada fomentam a geração de novos empregos e sim, precarizam as atuais leis trabalhistas. Além disso, enfatizaram que se trata de uma manifestação pacífica e apartidária, com único e exclusivo objetivo de deixar claro aos governantes que os trabalhadores não estão contentes com a iminente perda de direitos adquiridos à sua revelia.

 

Serviço

Passeata

Data: 28/04

Hora: 8h (Concentração)

Percurso: Praça São Bento – Rua Amazonas

Entidades participantes: Sincomerciários de Votuporanga, SETH (Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade de Votuporanga), Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Votuporanga, SINTHOMRESVO (Sindicato dos Trabalhadores em Hoteis, Moteis, Restaurantes, Bares e Similares de Votuporanga e Região), Sindicato dos Motoristas de Jales e Região, Sindicato dos Bancários de Votuporanga e Região, Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção, do Mobiliário, Montagem Industrial de Mirassol e Votuporanga, SSPM (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Prefeitura Municipal, da Câmara Municipal, das Autarquias Municipais e Fundações Públicas Municipais, Ativos e Inativos de Votuporanga, Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Votuporanga e Conselho de Pastores de Votuporanga.

 

 

LEG: Movimento denominado União Sindical, que já contava com 10 instituições, ganhou apoio de advogados e evangélicos em Votuporanga

 

 

Danilo Liévana de Camargo

Além disso, verifique

Ex-vereador de Araçatuba terá que pagar multa de quase R$ 1,5 milhão por improbidade

Nei Giron: Condenado por esquema de venda de peças à Prefeitura –   Ronaldo Ruiz Galdino …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.