Powered by free wordpress themes

Home / Saúde / Unidades de saúde e SAE intensificam ações contra hepatite

Powered by free wordpress themes

Unidades de saúde e SAE intensificam ações contra hepatite

 

A Prefeitura de Votuporanga, por intermédio do Serviço de Assistência Especializada (SAE) iniciou este mês a Campanha de Luta e Prevenção das Hepatites Virais. O “Julho Amarelo”, como é conhecido, é um programa adotado pelo Ministério da Saúde e pelo Programa Estadual de Hepatites Virais, voltado para o diagnóstico precoce e prevenção da doença. No dia 28 é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

A ação acontece em todas as unidades de saúde de Votuporanga e é uma forma de intensificar a vacinação contra as hepatites B e C, a testagem rápida e, principalmente, alertar os médicos que durante as consultas de rotina, façam a solicitação do exame de hepatite e, também, de HIV aos pacientes. Os testes são realizados na rotina das unidades de saúde.

Em Votuporanga, até o momento, 47 pessoas foram diagnosticadas com o vírus B ou C da hepatite. Em 2016, durante todo ano, 106 pessoas foram notificadas e tiveram contato com o vírus.

“Quanto antes a pessoa descobrir a doença, mais fácil para alcançar a cura e evitar estágios avançados. Hoje, a hepatite C possui alta taxa de cura, ninguém deve perder a oportunidade de se tratar. O diagnóstico é realizado por exames específicos de sangue através de sorologias ou testes rápidos”, destacou a enfermeira responsável pelas hepatites virais do SAE, Stela Vieira Rodrigues Lopes.

O tratamento é garantido pelo SUS e após o diagnóstico, o paciente é encaminhado para o SAE onde será realizado todo o acompanhamento do tratamento que é totalmente gratuito.

 

Sobre a doença

De acordo com a profissional, existem vários tipos de hepatites, como a por uso abusivo de álcool, excesso de medicamentos, entre outras. Mas que a campanha tem o objetivo de identificar as causadas por vírus, que hoje no Brasil sãos as do tipo A, B, C, D e E, sendo mais comuns na região as do tipo A, B e C.

A Hepatite A é uma doença contagiosa, causada pelo vírus A (VHA) e também conhecida como “hepatite infecciosa”. Sua transmissão ocorre por contato entre indivíduos ou por meio de água ou alimentos contaminados pelo vírus. Os sintomas apresentam-se após a infecção já instalada: cansaço, tontura, enjoo, vômito, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. A Hepatite A é totalmente curável, desde que o paciente siga corretamente o tratamento médico.

A transmissão da hepatite B ocorre através da relação sexual, sem o uso de preservativos, por meio de sangue contaminado pelo vírus e pode ser transmitida também de mãe para o filho durante a gravides ou no momento do parto (perinatal). A Hepatite B é uma das maiores causas de câncer de fígado.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a hepatite C possui um crescimento cinco vezes maior do que o da Aids. A principal forma de transmissão desse tipo da doença ocorre através do compartilhamento de seringas e outros materiais com sangue contaminado, como alicates de unha, agulhas de tatuagem, lâminas de barbear, escovas de dente, materiais para colocação de piercing, entre outros.

 

LEG: Estratégia será realizada em todas as unidades de saúde com objetivo de incentivar a vacinação contra as hepatites B e C

 

Além disso, verifique

Encontro de Famílias Grávidas acontece nesta quinta-feira

Enfermeira neonatologista da Santa Casa de Votuporanga, Lilian Curti, orienta sobre banho, troca de fraldas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *