Powered by free wordpress themes

Home / Política / Bastidores por A. C. Camargo

Powered by free wordpress themes

Bastidores por A. C. Camargo

Entre aspas

Jim Mattis, secretário de Defesa dos Estados Unidos (Foto):

– Não queremos aniquilar nenhum país, como a Coréia do Norte, mas temos muitas opções para fazê-lo.

Ponto de Vista

O jornal Folha de S. Paulo publicou em sua edição de sábado uma notícia que fala muito de perto aos votuporanguenses. Sob o título “Ministro quer trocar direção da PF até outubro”, a informação dá conta de que “Rogério Galloro, atual número 2, é o mais cotado para assumir o órgão”. No corpo da matéria fica se sabendo que “o nome que aparece mais forte no momento é o de Rogério Galloro. Número 2 da PF, ele ocupa o cargo de diretor-executivo desde junho de 2013 e tem currículo mais ligado às questões administrativas”. Sua nomeação depende somente do acolhimento da indicação pelo presidente Michel Temer.

Gente nossa

Rogério Galloro é aqui de Votuporanga, filho de uma família tradicional da cidade e casado com uma votuporanguense. Sua carreira na Polícia Federal foi sempre ascendente, tendo ocupado cargos de relevância em capitais do país e mesmo no exterior (Estados Unidos). Sempre que pode, principalmente nos períodos de férias, costuma visitar a cidade, onde tem muitos amigos. Sua possível nomeação é motivo de orgulho para a cidade.

Semana curta

Curta sim, mas nem por isso menos movimentada. O presidente Temer retorna da China com a certeza de que vai encontrar problemas seríssimos pela frente, com a praticamente certa segunda denúncia embalada pela Procuradoria Geral da República. Rodrigo Janot, como prometeu, vai disparar suas flechas até seus últimos instantes no cargo, que entrega no dia 17 próximo. E o alvo principal, é claro, trata-se de Temer.

Baixarias

Por falar em flechadas, a semana passada foi caracterizada pelo uso de flechas envenenadas  trocadas pelo presidente da República e Joesley Batista. Michel Temer tem se referido ao dono da JBS como contumaz bandido, De volta, Batista declarou que Temer é o “ladrão geral da República”. E a dignidade, onde fica?

Reforma

E o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, André Fufuca, espera reunir número suficiente de parlamentares e alcançar assim o quórum necessário para colocar em votação a proposta de Reforma Eleitoral. Boa vontade ele tem, quer marcar sua passagem pelo cargo com o registro de ter alcançado esse objetivo. Mas, convenhamos, não será nada fácil.

Desafio

Além da dificuldade normal de se deslocar os deputados a Brasília em feriados prolongados, tem-se que levar em consideração que não há interesse entre eles de promover as reformas. Fala-se que não há consenso para as votações, isto porque, o que se persegue com as mudanças fere profundamente seus interesses pessoais.

Coisa & Tal

No encontro com empresários na China, o presidente Temer os recepcionou com um churrasco bem à moda brasileira. As picanhas que apareceram na TV eram para lá de provocantes, de dar água na boca. Uma pergunta, porém, não pode deixar de ser feita: as carnes servidas foram doadas pela JBS?

 

 

Além disso, verifique

As magias do Natal

– Coluna Carlos Brickmann – A frase é de Lula, nesta terça, no Maranhão: “Todo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.