Powered by free wordpress themes

Home / Educação / Escolas municipais passam por reforma

Powered by free wordpress themes

Escolas municipais passam por reforma

Em entrevista à Rádio Clube de Votuporanga, o prefeito João Dado elencou ações paliativas para atenuar os estragos causados pela chuva

  • Fernanda Ribeiro Ishikawa –

Por conta do destelhamento da escola Clary Brandão Bertoncini, deixando centenas de crianças sem aula no início do ano, a Prefeitura de Votuporanga resolveu tomar uma providência, antes de reiniciar o período das chuvas. A ação emergencial no Clary, segundo Dado, foi feita no “sufoco”. Para não sofrer com o problema novamente, o chefe do Executivo garantiu que as 29 escolas municipais estão passando por reformas.

Já a respeito da inundação que ocorre há cerca de três décadas na rua Padre Izidoro Cordeiro Paranhos, o prefeito informou que ações paliativas foram executadas para conter o problema. Segundo ele, o local é afluxo de pequenos córregos, funcionando como a maior bacia de captação de água pluvial de Votuporanga. “Estamos com um projeto quase concluído, buscando recurso junto à Caixa Econômica Federal para executar a obra de imediato. Fizemos uma nova estrutura de drenagem daquela região, nova tubulação que vai ser executada ali naquela rua que desce da escola da Padre Paranhos e vem até a rotatória da José Silva Melo. Enfim, estamos criando condições para diminuir a velocidade que a água entra na galera e faz ela afogar. Além disso, pedimos ao Governo do Estado a conclusão da obra que seria feita na José Silva Melo, sem executá-la, porque estamos identificando outra solução de emergência que vai reduzir custos. Por outro lado, vai nos permitir utilizar aquelas aduelas de concreto que – com razão – as pessoas reclamam que elas estão lá há anos sem uso, porque a empresa paralisou as obras. O poder público ficou sem condições de tocar a obra que ficou mais cara que o previsto”.

Dado garantiu que foi pessoalmente reiterar o pedido ao Governador Geraldo Alckmin e prometeu solucionar o problema assim que o Estado concluir o projeto. “Abrimos um canal de 200 metros de comprimento para permitir um escoamento após a galeria da José Silva Melo. Já fizemos isso até o Córrego Boa Vista, depois da ponte da Péricles Belini, outro canal enorme de 5m de profundidade por 3m de largura, para evitar esse afogamento de água pluvial”.

Cobertura da Arena

Ainda em entrevista ao Clube Notícias, o prefeito João Dado revelou em primeira mão que a estrutura metálica que será utilizada na cobertura da arquibancada lateral da Arena Plínio Marin começará a ser instalada no início de outubro.

“Meu compromisso é cobrir o pela porco”, emendou Dado. O preço base da obra era de R$ 2.650,00, mas caiu para R$ 1.995,00.

 

Além disso, verifique

Unifev discute o papel do educador e às questões de gênero

  A graduação em Letras da UNIFEV promoverá, no próximo dia 25 de outubro, o I Simpósio Dilemas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.