Powered by free wordpress themes

Home / Destaque / Santa Casa completa 10 anos de Residência Médica

Powered by free wordpress themes

Santa Casa completa 10 anos de Residência Médica

 

Hospital possui alunos nas áreas de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Pediatria, incrementando a formação profissional dos futuros médicos

Há 10 anos, a Santa Casa de Votuporanga dava um passo importante. A Instituição iniciava o curso de pós-graduação senso latu, conhecido por Residência Médica, em parceria com a Unifev. Neste período, foram vários avanços, valorizando ainda mais a Entidade, melhorando a qualidade do atendimento para o paciente e, ao mesmo tempo, incrementando a formação do profissional dos futuros médicos.

A Residência Médica é reconhecida como a melhor maneira de um médico recém-formado completar sua formação, quer se dirija para uma especialidade ou pretenda se fazer generalista. O Hospital possui alunos nas áreas de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Pediatria. “Eles participam de atividades teórico-práticas, reuniões semanais, discussões de casos clínicos em diversos setores e estágios no Hospital, sempre supervisionados por preceptores das especialidades, buscando um aprofundamento científico e proficiência técnica decorrente de treinamento em serviço”, explicou o Dr. Luis Augusto Antunes Glover, responsável pela Residência Médica da Santa Casa.

Ele ressaltou os benefícios do programa. “Auxilia na dinâmica diária na Santa Casa, melhorando o relacionamento interpessoal entre residentes e alunos, vivenciando os programas de humanização e assim estreitando o relacionamento médico paciente”, complementou.

Dr. Luis Glover enfatizou os avanços. “Nos últimos 10 anos, crescemos profissionalmente enquanto equipe, aumentamos o número de vagas em cada área. Inserimos no mercado de trabalho profissionais mais qualificados, conseguimos boas classificações/inserções de residentes que mantém fazendo especializações em locais de referência e de grande concorrência nacional, produzindo mais e melhores trabalhos científicos na área de ensino e pesquisa”, destacou.

A gerente assistencial da Santa Casa, Alessandra Zanovelli, comemora os 10 anos e almeja próximos objetivos. “Existe a ampliação no tempo de curso nas especialidades de Cirurgia Geral e Pediatria, solicitados pelas sociedades e aprovados pelo MEC (Ministério da Educação), passando de dois anos para três anos”, disse.

O provedor da Entidade, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou a importância da Residência Médica. “Pretendemos aumentar o número de vagas na Especialidade de Clínica Médica, melhorando ainda mais no setor de Ensino e Pesquisa. A Residência fortaleceu o curso de Medicina. Agora buscamos o credenciamento de Hospital de Ensino, já que a Entidade realiza ensino e pesquisa e ainda serve de campos de estágio para cursos técnicos, graduação e pós nas áreas de saúde, melhorando ainda mais a qualidade dos atendimentos prestados”, enfatizou.

 

Como tudo começou

O médico Alexandre Parma relembrou a implantação da Residência Médica na Santa Casa. “O processo, que se iniciara em 2005, com ajuda de amigos de outros hospitais, como as Comissões de Residências Médicas (COREMES) do Albert Einstein e Hospital de Base, foi um verdadeiro desafio. A causa principal era que o pleito que Votuporanga tinha há alguns anos, o da Faculdade de Medicina na Unifev, só se consumaria caso Votuporanga mostrasse a órgãos como Conselho Nacional de Educação (CNE) e Secretaria de Educação Superior (SESU), além de conselheiros como o Dr. Adib Jatene, que podia criar e manter cursos de Residência Médica”, disse.

Ele afirmou que a Residência Médica está presente nos melhores hospitais do mundo, “pois é um dos maiores instrumentos de renovação de conhecimento do staff: ver, executar e ensinar, são os pilares do moto perpétuo do conhecimento médico. Hoje, depois de tantos médicos pós-graduados formados pela Santa Casa/Unifev, espalhados pelo Brasil, espero que muitos mais décadas venham, perpetuando esse curso, fazendo-o maior e com novas áreas”.

Além disso, verifique

Carlão conquista R$18.3 mi para cidade em 2017

O prefeito João Dado, o secretário dos Transportes Laurence Casagrande, o governador Geraldo Alckimin, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.