Powered by free wordpress themes

Home / Cidades / Doutor Canela morre aos 80 anos

Powered by free wordpress themes

Doutor Canela morre aos 80 anos

 

Delegado ficou conhecido entre as décadas de 1970 e 1990 por sua intolerância ao crime

 

Integrantes da Polícia Civil de Rio Preto estão de luto pela morte do ex-delegado Armando Cardoso Machado, enterrado na segunda-feira, dia 8, no Cemitério Jardim da Paz, em Rio Preto.

A morte dele foi no último domingo, dia 7, quando sofreu um infarto. O ex-delegado, que tinha 80 anos, foi socorrido por familiares e levado ao Hospital Austa, mas não resistiu.

Nascido em 5 de outubro de 1937, em São Manoel, ele era conhecido pelo apelido de doutor Canela. Armando ganhou fama entre as décadas de 1970 e 1990 como o delegado linha dura de Rio Preto, famoso pela firme postura no combate ao crime e no tratamento severo com os criminosos.

Seu neto, Rafael Machado, de 34 anos, afirma que por baixo desta imagem de policial linha dura, havia um homem de família carinhoso com todos. “No trabalho, bandido não tinha vez com meu avô, mas, em casa, a gente convivia com um homem com um coração enorme, sempre com disposição a ajudar o próximo, sempre preocupado com todos”, afirma.

Dr. Canela deixa a viúva Marilene Polachini Cardoso Machado, com quem teve três filhos: Armando e Ana Maria (falecidos) e Myrian.

Além disso, verifique

UNIMED vende Recinto de Exposições

Mário Okanobo atual presidente da Unimed de Jales A diretoria da Unimed, por meio do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.