Powered by free wordpress themes

Home / Saúde / DIA do Rim – médica orienta sobre cuidados 

Powered by free wordpress themes

DIA do Rim – médica orienta sobre cuidados 

A doutora Paula Visoná, da Unidade de Diálise

 

Campanha deste ano tem foco no sexo feminino; Serviço de Diálise da Santa Casa é referência para 17 municípios

 

Hoje será comemorado o Dia Mundial do Rim. Pensando em destacar a importância da saúde renal das mulheres, a Sociedade Brasileira de Nefrologia uniu o tema com o Dia Internacional da Mulher, conversado ontem com a responsável pela Unidade de Diálise, Dra. Aparecida Paula Visoná, no programa Dica de Saúde. Dra. Paula explicou que se trata de “uma doença acarretada por várias causas e culmina com funcionamento inadequado do órgão que deixa de filtrar corretamente o sangue; o doente urina, mas está eliminando água e o pó fica no sangue”.

Os pacientes com insuficiência renal que necessitam de tratamento dialítico podem contar com a qualidade do serviço da Unidade de Diálise do Hospital, por meio de atendimento médico, suporte assistencial, além de orientação nutricional e acompanhamento psicológico. O setor conta com equipe multidisciplinar especializada que é composta por nefrologistas, enfermagem, psicóloga, assistente administrativa, recepcionistas, nutrição e  higiene/conservação. Dra. Aparecida Paula G. Visoná, Dra. Neide Oyama Tocio, Dra. Regina Silvia Chaves de Lima, Dr. Arthur Eduardo Sanches e Dra. Natalia Acquaroni Gondin são os profissionais médicos. O serviço atende, atualmente, 202 pacientes em Hemodiálise e 27 em Diálise peritoneal, está no caso de pacientes que perderam o rim.

A médica ressaltou que a Santa Casa é referência em terapia renal substitutiva para 17 municípios da região

 

Diabetes e hipertensão

A insuficiência renal está relacionada à diabetes e hipertensão arterial, daí a importância da prevenção que praticamos. A mulher tem pretensão a agravar doenças renais, mas todos precisam se conscientizar sobre as doenças que levam a perda renal. Existem patologias autoimunes como lúpus que acarretam complicação, quando ela é orientada a não engravidar. “A infecção urinária ou cálculo renal também podem ser propensas com a gestação”, disse. “Com o tratamento em andamento pacientes necessitam se adequar e cumprir as orientações que são dadas”, complementou.

Além disso, verifique

Senac abre inscrições para o curso Massagem

Interessados podem aprender a realizar as técnicas e seguir carreira na área de saúde e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.