Powered by free wordpress themes

Home / Polícia / Mãe acusa escola de negligência

Powered by free wordpress themes

Mãe acusa escola de negligência

Marcas de mordida deixadas em todo o braço de menino de dois anos

 

A autônoma Roberta Duque Ferreira, 21 anos, procurou a polícia para denunciar marcas de mordida e arranhões no corpo do filho, de 2 anos. Segundo ela, as agressões ocorreram dentro da escola municipal Lotf João Bassitt, no São Deocleciano, em Rio Preto, na tarde de segunda-feira, dia 2.

 

A mãe conta que deixou a criança na escola infantil pela manhã. À tarde, recebeu ligação da direção informando que havia ocorrido um “acidente” e que ela deveria comparecer à escola. Segundo a mãe, a direção informou que o filho foi agredido por uma menina, também de 2 anos da mesma turma.

 

Quando chegou à escola, ela diz que encontrou o filho aos prantos. “Me disseram que as crianças estavam no parquinho e, quando foram levá-los para jantar, perceberam que faltavam duas crianças. Encontraram os dois dentro de uma sala, ele estava perto da porta encurralado, encostado na parede, chorando e a menina estava lá, mas já afastada”, disse Roberta.

 

A mãe registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Defesa Mulher (DDM). A delegada Dálice Aparecida Ceron informou que abrirá um inquérito para “apurar eventual conduta negligente por parte dos responsáveis por cuidar das crianças. Vamos pedir um relatório da escola e ouvir os envolvidos, a mãe da criança agredida também”.

Além disso, verifique

Incêndio destrói quarto em casa no Santa Amélia

Um incêndio em uma residência que fica na rua Haroldo Pimenta Meniti, no bairro Santa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.