Powered by free wordpress themes

Home / Geral / Mulheres, parabéns!

Powered by free wordpress themes

Mulheres, parabéns!

Juarez Duarte Paes Jr. *

 

Vou começar com uma frase que já foi bastante usada como forma de “cantada” pelos homens no decorrer do século passado: “Se Deus criou alguma coisa melhor que a Mulher, guardou só para ele!” – Apesar da sutileza na clara intenção de conquista, o autor colocou a Mulher no topo de todas as espécies criadas por Deus e de forma geral, através de quase todas as fêmeas do Reino Animal lhes dando a imensa responsabilidade pela concepção e proteção incondicional de seus rebentos, tornando-as as principais responsáveis por popular nosso Planeta.

Eu diria que a Mulher é o início, o meio e o fim da nossa existência! O exemplo maior está no seu papel principal: o de Mãe!

E é nessa condição que a mulher mais se supera, sendo capaz de realizar façanhas inacreditáveis, como mover uma pedra de duzentos quilos para salvar um filho, e é pegando carona nesta capacidade imensurável de amar e proteger, que vou contar a seguir uma história real, narrada pela própria protagonista a mim durante um voo de SP para N.Y, no qual, seguia para um congresso na ONU:

“Menina bonita e faceira de uma cidade do interior do sul do País, seguiu o caminho tomado pela maioria das adolescentes da sua cidade: conheceu e se encantou por outro jovem, se apaixonou, se entregou a paixão, engravidou, casou, engravidou novamente, a realidade bateu forte, o rapaz, ainda um adolescente, sentiu o peso da responsabilidade, não segurou a onda e a ainda apaixonada, a menina terminou abandonada pelo companheiro aos dezessete anos, com dois filhos pequenos (ainda amamentando os dois) da noite para o dia em um barraco de um cômodo, sem um tostão, esquecida pelos poucos parentes que tinha (era órfã de pai e mãe), sem poder trabalhar por não ter com quem deixar seus meninos, “Maria” se viu obrigada a pedir e muitas vezes implorar por migalhas e trapos para alimentar e vestir os filhos.

Depois de um dia daqueles em que não conseguiu uma casca de pão, num momento de desespero furtou de um mercadinho dois litros de leite, um pacote de fraldas e dois de bolacha, foi pega, e presa em flagrante por furto, e como acabara de completar 18 anos, foi condenada a seis meses de detenção numa penitenciária do Estado.

Assim que foi libertada pegou seus filhos que ficaram sob a guarda provisória de uma vizinha e tentou arrumar trabalho como doméstica, diarista, faxineira e qualquer outro tipo de trabalho, porém, o fato de ter sido presidiária roubava-lhe as oportunidades que apareciam. Até que um dia conseguiu trabalho em uma casa através de uma moça que se comoveu com a sua história de revezes, onde vivia com o marido e dois filhos.

Durante uma das faxinas, por ser jovem e bonita foi assediada e obrigada a manter relações sexuais com o patrão, sob a ameaça de ser denunciada por furto e voltar para a prisão.

Ao voltar para casa sem a remuneração pelos “serviços” prestados, ao colocar os filhos naquele leito tosco, sem ter uma gota de leite para lhes dar, fez uma promessa que ia contra a todos os seus princípios: nunca mais faltaria nada para seus filhos, nem que para isso precisasse se prostituir, já que fora obrigada a fazê-lo por nada, agora o faria para dar todo o conforto necessário para sua prole.

Na noite seguinte, se arrumou toda com o melhor que pode arranjar, deixou os meninos com a vizinha, seguiu para a maior cidade da região e se pôs em um ponto nas imediações da saída da para a rodovia, cinco minutos depois, encostou um carro e logo em seguida, o barulho de uma freada forte e a batida na traseira do veículo parado que arrancou imediatamente deixando para trás a condutora do outro carro bastante ferida. Sem titubear, “Maria” se apressou em acudir a vítima e com a ajuda de um taxista que atendeu aos seus acenos as deixou na emergência do Pronto Socorro Municipal.

Ficou ao lado daquela senhora coberta de sangue, a quem acompanhou e fez companhia até que ficasse fora de perigo. Depois de recuperada a boa senhora, além de ter ficado imensamente grata, viu surgir dali uma grande amizade inegavelmente ofertada por Deus. Sozinha, e com os filhos vivendo fora do País, àquela bondosa senhora, adotou Maria e seus filhos dando a eles todo o suporte e amor que jamais tiveram. Aconselhou e encaminhou Maria na vida, que estudou, se formou e hoje é uma psicóloga que ajuda jovens vítimas da prostituição infantil, violência e abandono.

Que Deus abençoe essas Mulheres maravilhosas!

 

TWIST DE BANANA COM SORVETE:

 

Você vai precisar de: 1lt de sorvete da sua preferência; -1 pedaço (50g) de gengibre; -3/4 de xícara de farinha de trigo; -2 ovos; -50ml de leite; 5 bananas (prata ou nanica); 2 colheres de sopa de azeite; 150g de chocolate meio amargo derretido.

 

Preparo: Rale o gengibre, esprema e adicione o suco ao sorvete, modele em bolas e reserve no freezer. Misture a farinha de trigo aos ovos e o leite, até obter uma massa homogênea, passe as bananas cortadas no sentido vertical (4 partes) e passe-as na massa e frite-as no azeite até ficarem douradas. Monte porções individuais (4 pedaços), coloque uma bola de sorvete por cima, regue com o chocolate derretido e sirva.

Além disso, verifique

ACV realiza encontro voltado para empresários

Interessados devem se inscrever gratuitamente por meio do site: em www.acvnet.com.br. A ACV promoverá no …

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.