Powered by free wordpress themes

Home / Opinião / Bastidores

Powered by free wordpress themes

Bastidores

Por A.C. Camargo

Praticamente desconhecido nos meios políticos, o governador de São Paulo Márcio França (PSB), que foi vice de Geraldo Alckmin, patina na terceira colocação na corrida pela reeleição, atrás de João Dória (PSDB) e Paulo Skaf (PMDB). Isso, porém, não lhe tira o ânimo. França aposta numa virada e para isso adotou postura dinâmica ao assumir o cargo fazendo visitas, mandando seus secretários a campo e liberando recursos para os municípios, alegrando a prefeitada. João Dado, que o apoia junto com seu partido, o Solidariedade, foi aquinhoado com verbas estaduais nos últimos dias.

Lideranças

Além do deputado estadual Orlando Bolçone (PSB), candidato à reeleição, Márcio França tem entre seus principais agentes na região o ex-prefeito de São José do Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB), candidato a deputado federal. Valdomiro corre numa situação mais favorável, uma vez que a pista está praticamente livre em termos regionais. Junto com ele, Fausto Pinato (PP) que luta por permanência em Brasília.

Raia apertada

Aliás, a disputa promete ser mais intensa para a Assembleia Legislativa. Itamar Borges (MDB), Carlão Pignatari, Vaz de Lima e Gilmar Gimenez, os três tucanos, João Paulo Rillo, agora no Psol e Sebastião Santos (PRB), além de pretendentes de primeira viagem, como é o caso do jovem Edinho Filho (MDB), que tem o apoio direto do pai, Edinho Araújo, prefeito de Rio Preto, correm atrás dos votos na região.

Um absurdo

Estava prevista para ontem a votação na Câmara Federal de projeto criando centenas de novos municípios no país. Levantamentos recentes mostram que 70% dos municípios existentes dependem de transferências de recursos da União e  dos estados (FPM, ICMS, IPVA) para sobreviverem. Os recursos próprios não são suficientes para enfrentar as despesas, mesmo as mais corriqueiras.

Divisão do bolo

A criação de novos municípios vai afetar a divisão do bolo de recursos destinados para os atuais. Isso vai fazer com que as fatias do PFM, por exemplo, se tornem menores. Situação que vai debilitar ainda mais o caixa dessas cidades. Interessante que o projeto tramita sem contestações, sem reações entre as lideranças municipalistas. O cobertor vai ficar mais curto ainda.

Giro futebolístico

A ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus da Itália se constitui na grande transação futebolística no pós Copa. A pergunta que fica agora é sobre quem será seu substituto no Real. Não vai ser fácil. *** O Corinthians, que já perdeu Balbuena, Maycon e Sidcley, poderá também ficar sem o lateral Fagner para o Napoli e o avante Júnior Dutra para o Fluminense. *** O técnico Felipão, atualmente sem emprego, deverá definir seu futuro nos próximos dias. Ele tem dois convites para treinar seleções, a do Egito e a da Coreia do Sul.

Coisa & Tal

Com a Câmara Municipal em recesso o noticiário político local se tornou bem mais ameno.  Encerrada a participação do Brasil na Copa do Mundo, as atenções vão estar voltadas agora para as comemorações do aniversário da cidade. Tudo isso, além da queda da temperatura, torna o ambiente mais frio ainda.

Entre aspas

Governador Márcio França em recado direto para os seus secretários:

– Deixem os gabinetes, o ar condicionado e pendurem as gravatas e os paletós e vão para o Interior.

Além disso, verifique

Bastidores

Por A.C. Camargo Quando a bola rolou pela primeira vez no gramado de Moscou abrindo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.