Powered by free wordpress themes

Home / Esportes / Santos avança por argentino do San Lorenzo

Powered by free wordpress themes

Santos avança por argentino do San Lorenzo

Peixe deseja contratar os atacantes Nicolás Blandi e Junior Brandão, do Atlético-GO

Há meses em busca de um camisa 9, o Santos pretende contratar dois centroavantes de uma vez. Os nomes da vez são Nicolás Blandi, do San Lorenzo, da Argentina, e Junior Brandão, do Atlético-GO, que é artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro (com nove gols, três a mais do que Rodrigão, que pertence ao Santos e está no Avaí).

Apesar de o técnico Cuca dizer preferir atletas que conheçam e se adaptem mais rapidamente ao futebol brasileiro, o comandante não se opôs à chegada de Blandi, como fez com Marco Ruben, do Rosario Central. Blandi tem 28 anos, três a menos do que Marco Ruben. Ambos poderiam ser inscritos na Libertadores, já que seus respectivos times não disputaram o torneio, e o Santos ainda pode mexer em sua lista de inscritos até 72 horas antes da primeira partida contra o Independiente, no dia 21.

Nos bastidores, a negociação pelo argentino é vista como encaminhada, mas é tratada com cautela. Isso porque a janela argentina para contratações fecha nesta quinta-feira, e o San Lorenzo não teria tempo de achar um substituto no mercado. O contrato de Blandi é válido até junho de 2019.

Já Junior Brandão é visto com bons olhos e se encaixa nas qualidades preferidas por Cuca, mas trata-se de uma aposta.

O atacante do Atlético-GO vive uma boa temporada: fez 13 gols em 29 jogos e é o maior goleador da Série B, com nove bolas na rede. As tratativas estão em estágio inicial.

O Santos busca a contratação de um camisa 9 desde a saída de Ricardo Oliveira, ao fim da temporada passada. Yuri Alberto, de 17 anos, é o único centroavante do elenco. Eduardo Sasha e Gabigol compartilham a função e atuam improvisados. O camisa 10, apesar de ser o artilheiro do time no ano, não vive bom momento e diz que joga “fora de sua posição”.

Muitos centroavantes já foram sondados ao longo de 2018, mas nenhuma contratação vingou: Tréllez, Gilberto, Uribe, Jonatan Álvez, Hernán Barcos, Franco Di Santo, Tobias Figueroa, Joaquín Ardaiz, Facundo Ferreyra, Guerrero e Jonas, entre outros.

Até o momento, três atletas foram contratados para o segundo semestre. Todos estrangeiros, trazidos antes da chegada de Cuca: o costarriquenho Bryan Ruiz, o uruguaio Carlos Sánchez e o paraguaio Derlis González.

Além disso, verifique

Vôlei feminino classifica na Liga Regional

Equipe A venceu Fernandópolis por 2 sets a 0 e a B derrotou o Monte …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.