Powered by free wordpress themes

Home / Saúde / Terapeuta oferece consultas gratuitas nesta terça

Powered by free wordpress themes

Terapeuta oferece consultas gratuitas nesta terça

 

Interessados devem agendar suas consultas por telefone; Evento faz alusão a campanha Setembro Amarelo

Os interessados devem entrar em contato pelo Whatsapp  (17) 98168-4667 (falar com Adriana) ou pelo telefone da Clínica Evidency (17)3046-0106

 

Mariana Biork

No mundo contemporâneo, muitos fatores e sentimentos podem afetar negativamente a saúde mental dos indivíduos. São dificuldades de relacionamento, medos e angústias que podem atingir qualquer um, independente de classe social, profissão ou etnia.

Os problemas psicológicos, quando não tratados, podem resultar em diversas complicações na saúde como um todo – como o desenvolvimento de distúrbios psicológicos, doenças psicossomáticas e depressão, que podem levar o indivíduo a cometer atitudes extremas para tentar aliviar a dor sentida por dentro, como o suicídio.

Foi pensando em ajudar aqueles que precisam de um acompanhamento psicológico que a Terapeuta e Facilitadora de Barras de Access, Adriana Stoppa, da Clínica Evidency, disponibilizará todos os seus horários de hoje, terça-feira (18/09), para atendimentos gratuitos com hora marcada para consultas de até uma hora em seu consultório. Os interessados devem entrar em contato pelo Whatsapp  (17) 98168-4667 (falar com Adriana) ou pelo telefone da Clínica Evidency (17)3046-0106.

O evento faz alusão ao movimento Setembro Amarelo, campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. “No mês da consciência Mundial ao Suicídio, a Access Consciousness convidou todos os terapeutas e Facilitadores do mundo todo a abraçar essa causa, onde iremos organizar eventos ao redor do mundo e abrir portas para todos que estiverem buscando uma nova possibilidade ou uma centelha de esperança para virem e receberem uma sessão gratuita de Barras de Access”, explicou a terapeuta Adriana Stoppa.

Segundo números da Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 brasileiros comentem suicídio todos os dias, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. A esperança é o fato de que 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. “Essas tragédias acontecem ao redor do mundo, em áreas de baixa e alta renda, com mulheres e homens de todas faixas etárias. Nós esperamos que essas sessões acendam o otimismo, a felicidade e a grandeza naqueles que estão em desespero”, acrescenta Adriana.

Barras de Access é um processo quântico feito a partir de toques suaves em 32 pontos energéticos em torno da cabeça que armazenam toda corrente eletromagnética das sinapses neurais que criam os padrões comportamentais e reações programadas. Cada ponto possui registros de milhares de informações limitantes que, por sua vez, impedem o funcionamento normal e facilitado que qualquer processo na vida deveria ter.

Quando um terapeuta ativa as barras, inicia-se a liberação destes registros, ajudando-nos a ver além dos padrões que usamos e dos problemas que passamos até então. A terapia das Barras tem atuado significativamente e ajudado milhares de pessoas em casos de ansiedade, depressão, emagrecimento, dores e limitações físicas, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), autismo, escassez, compulsões e na capacidade de deixar hábitos, colaborando para uma nova visão de vida de um modo geral e amplo.

“Cada ponto é uma situação da nossa vida, por exemplo: alegria, tristeza, cura, gratidão, paz, calma, corpo, sexualidade, tempo e espaço, comunicação etc. Quando são tocados esses pontos é como fosse um ‘delete’ do nosso computador. vai liberando todas as crenças, padrões repetitivos, emoções negativas que estão bloqueando nossa capacidade de ser a consciência que realmente somos”, explica a terapeuta.

A busca por ajuda logo nos primeiros sintomas, bem como a participação da família nesse processo, é de extrema importância para o bom resultado do aconselhamento psicológico. “Os familiares devem buscar ajuda para poderem dar todo o respaldo para essa pessoa que está em desespero. Estarem acompanhando todo o processo também é de grande importância para o paciente se sentir apoiado e amparado. Uma simples iniciativa pode salvar vidas, todos podemos ser uma contribuição para as pessoas e para o universo”.

Setembro Amarelo

A campanha teve início no Brasil, em 2015, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). As primeiras atividades realizadas pelo Setembro Amarelo aconteceram na capital do país, Brasília; mas já no ano seguinte várias regiões de todo o país aderiram ao movimento e também participaram.

O principal objetivo da campanha é a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e em todo o mundo. Para o Setembro Amarelo, a melhor forma de se evitar um suicídio é através de diálogos e discussões que abordem o problema.

Durante todo o mês de setembro, ações são realizadas a fim de sensibilizar a população e os profissionais da área para os sintomas desse problema e para a saúde mental, fazendo-os entender que isso também é uma questão de saúde pública.

 

Além disso, verifique

Cirurgião orienta sobre cirurgia plástica segura

  Nesta semana, o programa Dica de Saúde, produzido pela Santa Casa de Votuporanga, foi …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.