Powered by free wordpress themes

Home / Cidades / Carro bate em parede de prédio e quase despenca

Powered by free wordpress themes

Carro bate em parede de prédio e quase despenca

Um SUV da marca Mitsubishi, que parece ser um Outlander, colidiu contra a parede da área da garagem da edificação.

O edifício Agência Nacional de Petróleo/Transpetro, localizado no Centro do Rio de Janeiro, chamou a atenção nesta quarta (21), por volta das 18:45h. Um acidente envolvendo vários veículos viralizou nas redes sociais. Um SUV da marca Mitsubishi, que parece ser um Outlander, colidiu contra a parede da área da garagem da edificação.

O condutor do veículo teria dado ré de forma brusca, o que fez com que o carro batesse contra a parede do prédio, que não resistiu ao impacto e desabou, caindo aos pedaços sobre diversos carros estacionados na Rua Teófilo Otoni, entre eles Mitsubishi Pajero Full, Fiat Siena, Fiat Doblò, Dodge Journey, entre outros que estavam na via, que foi interditada pelos bombeiros entre a Avenida Rio Branco e a Rua da Quitanda.

Com a força do impacto, o veículo atravessou parcialmente a parede, ficando a parte traseira exposta do lado externo do prédio. Por muito pouco o utilitário esportivo não despencou de vários metros de altura, já que o mesmo estava no 14º andar quando ocorreu o acidente. O condutor não teve ferimentos, assim como ninguém que estava na rua logo abaixo.

Ainda não foi determinada a causa da aceleração brusca de ré que teria levado ao acidente, que não é raro de acontecer. Vários casos de colisão contra parede de edifícios-garagem ou mesmo de prédios residenciais já foram registrados no Brasil e no exterior, sendo que em alguns deles, o veículo acabou despencando vários metros.

Além disso, verifique

Dicas de mecânica de automóveis

Embreagem – Hábitos incorretos ao dirigir que prejudicam a embreagem. Existem diferentes causas que originam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.