Powered by free wordpress themes

Home / Opinião / Começando 2019, com fé e otimismo!

Powered by free wordpress themes

Começando 2019, com fé e otimismo!

Sandra Mara Escudeiro –

“Bendito quem inventou o belo truque da segunda-feira, do dia primeiro do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça. ” (Mário Quintana – o incrível poeta dos pampas)

E terminamos 2018, mais um ano e, que ano! – aliás, seria difícil resumir o que foram os últimos 12 meses! Houve de tudo um pouco e mais um pouco, desde muitas surpresas (algumas boas e outras nem tanto), uns sustos, decepções, notícias falsas (fake!) e para não ficar só nos 50 tons de cinza, algumas boas notícias e alegrias!

Para a Ciência, a virada do ano não passa de um limite cronológico – o período de 365 dias e 6 horas da translação, quando a Terra completa uma volta ao redor do astro rei o SOL (estrela central do sistema solar, a estrela mais próxima da Terra e a que assegurou as condições necessárias de vida em nosso planeta!)

Nos últimos dias do ano, parece que um clima de euforia contagia todos e sobram abraços, cumprimentos e tantos votos de felicidade! Sem falar nas receitas com lentilhas, sementes de romã, folhas de louro na carteira, roupas brancas e ou novas, lingerie colorida (a escolha da cor depende da necessidade do momento), e para os que estavam à beira mar, as muitas oferendas jogadas nas águas salgadas (que retornaram na manhã seguinte entulhando as areias da praia) e ainda havia as sete ondas para pular no exato momento das doze badaladas! Ufa! (uma trabalheira e tanto sem garantia).

A despeito de tudo isso e, respeitando todas as crenças, quem não fez ou perdeu alguma simpatia, agora só mesmo no final do ano!

Contudo, mais interessante mesmo seria buscarmos mudanças significativas que nos fizessem seres humanos melhores, que o respeito fosse a moeda essencial nas relações humanas, que a ética e a moral permeassem todas as práticas rotineiras e que nós resgatássemos o dom de nos reinventar em nossa verdadeira evolução, deixando de valorizar as mazelas e mesquinharias que nos fazem reféns de sonhos vazios!

Apesar dos pesares (e também de alguns quilinhos que ficaram com o excesso de comilança das festas!), ainda somos capazes de sonhar,  sonhos estes que nos alimentam a alma para que sigamos em frente –  por isso, vamos nos esforçar e torcer para que dias melhores venham para todos, uma vez que a felicidade sobre a Terra não deve e não pode conhecer divisas, fronteiras, barreiras e nem muros!

Assim, que passadas as festas, os presentes, os tantos votos de felicidade, as simpatias e as oferendas todas, que nós (os povos, as nações, os países) entendamos que somos todos habitantes de um planeta generoso em que é possível se viver em paz e harmonia – desde que o Amor, a Compaixão, a Solidariedade e o Respeito sejam práticas do dia a dia de todos, independentemente de raça, religião, idade, sexo, ideologia política ou condição social!

 

 

Além disso, verifique

Não há limites para seus sonhos

Daniel Carreira Filho – Nos idos dos anos de 1970 conhecemos a professora Liselott Diem, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.