Powered by free wordpress themes

Home / Opinião / Os vazios da figura paterna!

Powered by free wordpress themes

Os vazios da figura paterna!

Gabriela Hurtado –

 

Quando somos pequeninos registramos tudo o que nos acontece de forma muito profunda. As percepções costumam ser vitais e impactantes e marcar o resto de nossas vidas.

O amor por nossos pais é o maior sentimento da face da Terra. E é nessa fase que costumamos registrar carências e vazios arquivados mais tarde no inconsciente. Porque criamos uma imagem infantil de heróis e tentamos encaixar nele pessoas bem comuns, com problemas comuns, com limitações e dificuldades comuns.

E como cada um é um, e traz na sua mochila pessoal necessidades emocionais diferentes, o que gera trauma para uma pessoa, às vezes passa despercebido por outra.

Imaginemos um marido controlador, mas que no papel de pai consegue ser amoroso e presente. Os filhos podem ficar apenas com a percepção positiva do pai e não se voltar contra o marido da mãe. Isso não trará um vazio para essas crianças. Já aquele filho extremamente protetor, que tenta defender a mãe da tirania do pai, pode registrar uma mágoa e um julgamento com relação a ele. Essa criança cresce então com um vazio de pai. Nesse caso, as consequências podem ser várias. Uma percepção negativa do pai ou da energia masculina no sistema familiar pode gerar na vida adulta vários desequilíbrios, entre eles:

.      Dificuldades de lidar com o masculino ou com figuras de autoridade;

Sendo mulher, pode atrair homens com as características que julga no pai; Insegurança de ir para o mundo, se arriscar, se expor, empreender; Problemas com o dinheiro, não conquista estabilidade financeira ou se apega muito ao material buscando reconhecimento e proteção … E por que tudo isso acontece? Porque cada um numa família tem um papel e uma função específica para o desenvolvimento do sistema e dos descendentes.

Às vezes encontramos um homem feliz no casamento, bem sucedido e muito competitivo. Com uma ânsia insaciável por reconhecimento. Isso pode se tornar uma prisão, um sofrimento com o tempo. Esse homem, internamente, de forma totalmente inconsciente, tende a buscar o olhar do pai. O amor do pai.

E essa “ambição” pode colocar sua vida pessoal em risco. Pai e mãe, ou seja, as energias feminina e masculina são essenciais para um ser humano. Na falta de um dos dois as consequências serão bem reais.

A solução ou cura aqui será honrar o pai como é ou foi, reconhecendo sua humanidade e seu valor por ter lhe passado à vida a diante. Porque o respeito vem antes do amor.

Grande abraço!

Gabriela Hurtado – Terapeuta Sistêmica – Constelações Familiares a Serviço da Vida!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além disso, verifique

Salve-se quem puder

  MINO CARTA  – Os 80 tiros disparados no Rio simbolizam à perfeição o cataclismo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.