Powered by free wordpress themes

Home / Opinião / Bastidores – por Antonio Carlos de Camargo

Powered by free wordpress themes

Olavo Carvalho

Bastidores – por Antonio Carlos de Camargo

Se o presidente Jair Bolsonaro tiver um mínimo de bom senso ele mudará os rumos de seu governo, adotando ações que possam recompor seu bom relacionamento com a população. Pesquisa realizada pelo instituto Datafolha e divulgada neste domingo (7) mostra que sua imagem não é das melhores. Pelo contrário: 30% dos entrevistados declararam considerar o governo ruim ou péssimo, 32% ótimo ou bom e 33% regular. Isso não é bom, claro. Até porque se trata da pior avaliação feita de um presidente da República em seu início de mandato desde 1990.

Causas

Diversos fatores contribuem para isso, mas, talvez, o principal deles seja a expectativa criada quando de sua eleição, a de que a forma de governar o país seria completamente diferente das anteriores. Bolsonaro, vocês vão se lembrar, foi eleito com a promessa de levar adiante um duro programa de combate à corrupção, de contenção dos índices de violência e daí em diante. Até agora, sem que isto seja exagero, só desacertos, desencontros, fora as patinadas feias cometidas por alguns de seus principais auxiliares, a começar dos próprios filhos, responsáveis por variadas traquinagens.

Meia volta

Com 100 dias praticamente fechados de sua administração, o presidente precisa imprimir imediatamente uma meia volta volver, se reconciliar com a população e afastar da linha de frente aqueles que o prejudicam, como acontece com esse cidadão residente nos Estados Unidos e que exerce claramente influência muito grande em seu governo, o escritor Olavo Carvalho. Bolsonaro não precisa dele e isso é incontestável, até mesmo para observadores tão distantes dos fatos, como este colunista.

Em campo

A rigor a rigor, o governo não precisa de oposição para se relacionar mal com os brasileiros. Aliás, os oposicionistas pouco têm contribuído para que isso ocorra. Não há lideranças com capacidade suficiente de mobilização da opinião pública se opondo ao presidente. O espaço está livre. Agora quem anuncia que vai percorrer o país com uma dupla missão é o petista Fernando Haddad. Ele vai, em suas visitas, marcar posição contra a administração e, ao mesmo tempo, tentar içar a bandeira do “Lula Livre”. O ex-presidente está há um ano preso em Curitiba.

Giro de Notícias

Se tudo ocorreu dentro do esperado, o ministro da Educação Ricardo Velez Rodrigues foi destituído do cargo ontem. Pelo menos é o que indicou o presidente Jair Bolsonaro na sexta feira em conversa com jornalistas. *** O Departamento de Marketing da Associação Comercial está concluindo os preparativos para anunciar os prêmios da promoção do Dia das Mães deste ano, que será comemorado no dia 12 de maio. *** É mais ou menos por aí que deverá acontecer a inauguração da Loja Havan de Votuporanga.

Coisa & Tal

E o sonho acabou. Apesar de possuir o maior e melhor elenco do campeonato, o Palmeiras sucumbiu diante do São Paulo, na fase semifinal do Paulistão. Ficou no caminho, na decisão por pênaltis, Ontem à noite jogaram Corinthians e Santos. Quem será o adversário do Tricolor na etapa decisiva do título da temporada?

Além disso, verifique

O fã e o ídolo

Olga Balbo Ferreira Fontes. Na carta em que convidou o barão do Rio Branco para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.